Política de Atuação e Direitos Autorais

Entenda as bases filosóficas de atuação da Pozati

Direitos Autorais

Os conteúdos disponibilizados nas plataformas das Pozati são obras audiovisuais de sua propriedade intelectual e seus parceiros colaboradores. Estão disponíveis gratuitamente em nossos canais oficiais: youtube.com/pozati , youtube.com/julianopozati , www.pozati.com , www.pozatifilmes.com e www.julianopozati.com. Podem, a partir desses canais oficiais, serem compartilhados e propagados a todas as pessoas interessadas. No entanto, é proibido o upload de cópias não autorizadas deste material em canais que não sejam vinculados à Pozati.

A empresa reconhece a boa intenção de propagação de seu trabalho, mas orienta que o compartilhamento seja feito sempre e somente a partir dos seus canais oficiais de atuação. Fazendo isso, seu trabalho público gratuito é preservado e divulgado da melhor maneira.

Política de Atuação

A produção dos conteúdos divulgados pela Pozati passam por seu crivo editorial no que tange à:

1-) Veracidade / plausibilidade;
2-) Utilidade individual / coletiva e
3-) Relevância

O objetivo do conteúdo produzido é provocar o processo conhecido como “expansão de consciência”, engajando os indivíduos alcançados na transformação do mundo como o conhecemos em um mundo melhor, a partir da transformação de si mesmos.

Para isso seu foco de produção se baseia nas áreas CIÊNCIA, FILOSOFIA, ESPIRITUALIDADE e UFOLOGIA. A Pozati entende que a Ufologia é capaz de ampliar os horizontes do saber ao infinito; que a Ciência desafia, explora, questiona, equaliza, desmistifica e transforma esse saber; que a Filosofia inspira e provoca o melhor de cada ser em sua essência a partir do estudo e da indagação do saber e que a Espiritualidade transcende e descortina o saber a partir do Mundo Maior.

Entendendo que “cada ponto de vista é a vista de um ponto”e que o conhecimento ampliado da “verdade” vem a partir da absorção de múltiplos pontos de vista experienciais, a Pozati convida para suas plataformas e produções inúmeros pesquisadores, cientistas, pensadores e espiritualistas que compõem sua grade de programação, compartilhando sua porção do saber a partir de sua experiência pessoal, que pode ou não expressar a opinião da direção da empresa.

A Pozati investe tempo e relacionamento para realizar uma curadoria precisa, mas não se responsabiliza por quaisquer atos da conduta pessoal de seus entrevistados que possam eventualmente vir a desagradar o seu público, indo de encontro com os valores compartilhados pela moralidade e bons costumes. Também procura, na medida do possível, estabelecer um espaço aberto para discussões de ideias, mesmo quando antagônicas, pautado no respeito mútuo.

Podemos pensar de modo diverso sem diminuirmos a estima recíproca. Afinal de contas que buscamos todos nessa palpitante e fecunda questão do Espiritismo? O esclarecimento. Antes de mais nada buscamos a luz, venha de onde vier. E se externarmos a nossa maneira de ver, não se trata de uma opinião pessoal, que pretendamos impor aos outros: entregamo-la à discussão e estamos dispostos a renuncia-la, desde que nos demonstrem que nos achamos no erro.

Allan Kardec  –  Revista Espírita, Janeiro de 1858.

Se, entre vós, houver dissidências, causas de antagonismo; se os grupos, que devem todos marchar para um objetivo comum, estiverem divididos, eu o lamento, sem me preocupar com as causas, sem examinar quem cometeu os primeiros erros e me coloco, sem vacilar, do lado daquele que tiver mais caridade, isto é, mais abnegação e verdadeira humildade, pois aquele a quem falta a caridade está sempre em erro, ainda que coberto de algum tipo de razão, porquanto Deus maldiz a quem diz a seu irmão: Raca. 

Allan Kardec – Viagem Espírita, 1862.